Julgamento de Bruno e no terceiro dia ele chora

Julgamento de Bruno e no terceiro dia ele chora

E disse que Macarrão contratou o policial Bola para assassinar Eliza e dar sumiço no corpo mas negou ser o mandante do crime disse ainda que o corpo de Eliza Samudio foi atirado aos cães. Pela rimeira vez Bruno admitiu que sabia da morte da modelo e que o executor foi o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos "Bola" e que o primo Jorge Luiz Sales na época menor, disse que Luiz Henrique Romão "Macarrão" ajudou na execução. Quando soube da morte de Eliza, ele embarcou para o Rio de Janeiro, e nos dias seguintes participou de três festas, uma de Vagner Love, outra em Angra dos Reis, e que dois dias após o assassinato jogou pelo clube e participou de uma festa com alguns jogadores em uma casa alugada.