Petroleiros rejeitam greve, vão tentar acordo com a Petrobras

Petroleiros rejeitam greve, vão tentar acordo com a Petrobras

Nesta sexta-feira (15/02) uma porta voz sindical afirmou que a Federação Única dos Petroleiros (FUP) e seus sindicatos não aceitaram uma greve contra a Petrobrás que teria duração de cinco dias porque a oferta da estatal de participação dos lucros não foi aceita. O plano da FUP seria convocar a greve a partir da meia noite de 20 de fevereiro até a meia noite de 24 de fevereiro. A Petrobrás disse a Agência Reuters que fez uma proposta melhor, mas foi rejeitada pelos trabalhadores nesta sexta-feira à noite. A FUP espera chegar a um acordo melhor pois está marcada uma reunião entre os líderes trabalhistas e a estatal no dia 7 de março.